12 de junho de 2017

CONCERTO SOLIDÁRIO AE BATALHA DIA 16 - 19:30h

Foto de Agrupamento de Escolas da Batalha.
CONVITE
Caríssimos Pais, Encarregados de Educação, Docentes, Não-docentes, Alunos e toda a Comunidade: as turmas do 8°A, B, D e E gostariam de vos ter presentes no espetáculo musical solidário deste ano. 
Terá início pelas 19 horas e 30 minutos, no dia 16 de junho de 2017, no Polivalente da antiga escola secundária. No espetáculo faremos recolha de alimentos para as famílias carenciadas do nosso agrupamento. Contamos com o seu contributo!
Cumprimentos! 
Os Alunos do 8°ano

Academia de Verão da Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Leiria (ESTG-IPLeiria)



A Academia de Verão da Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Leiria (ESTG-IPLeiria) decorrerá entre os dias 3 e 7 de julho. A Academia de Verão da ESTG, já na sua 6.ª edição, é um evento destinado a alunos do 10.º ao 12.º anos, que pretendem viver a experiência de "estudar" no ensino superior.
Nestes dias, os participantes podem frequentar as atividades das diversas áreas científicas da Academia, experimentando um pouco do que se faz na ESTG desde a lecionação em sala de aula, atividades laboratoriais e em ambiente industrial e empresarial. Ao conhecerem os seus cursos e as suas saídas profissionais, os participantes terão uma experiência importante para a escolha da área a seguir no ensino superior. Os programas científicos incluem atividades científicas, projetos, visitas de estudo, workshops e outros eventos, organizados e acompanhados por estudantes e docentes da ESTG-IPLeiria, num ambiente descontraído e informal.
Podem consultar toda a informação sobre a Academia de Verão em http://www.academiadeverao.estg.ipleiria.pt/ ou na página de Facebook da ESTG-IPLeiria, em facebook.com/ESTG-Leiria
Foto de Associação de Pais e Encarregados de Educação Agrupamento Escolas Batalha.

16 de março de 2017

A VOZ DOS PAIS - BALANÇO

No âmbito do Projeto A Voz dos Pais, que a Associação de Pais tem levado a efeito, cumprido mais de metade do calendário de reuniões, impõe-se fazer um breve balanço da forma como têm decorrido este espaçado que se pretende dar Voz aos Pais, relativamente às questões mais prementes na educação dos seus filhos. A par desta iniciativa está a ser efetuado um inquérito alargado a todos os pais e/ou encarregados de educação, com diversas questões colocadas, que a seu tempo serão tratadas e sistematizadas, cujo resultado dos mesmos será dado a conhecer em momento oportuno.
Iniciada no Centro Escolar de S Mamede, de uma forma geral a reunião tem tido uma participação aquém do esperado por parte dos pais, com realce para a realizada na Rebolaria, Casais dos Ledos e agora, esta última em Reguengo Fetal.  No que concerne à Rebolaria e Casais dos Ledos, as questões centrais incidiram na preocupação dos pais relativamente a algumas questões de funcionamento e pequenas obras nas escolas, nomeadamente ao nível dos recreios e a prática de educação física. Esta participação, tendo por base as iniciativas anteriores, é reflexo da gestão da rede escolar, na sua plenitude, estar centrada no Município da Batalha, em articulação direta com o Agrupamento de Escolas, no âmbito do processo de Municipalização que está em curso e que tem dado resposta imediata às solicitações diárias nos diversos domínios, com maior acuidade a questão dos recursos humanos e pequenas obras e/ou reparações.
Quanto à reunião agendada para o Reguengo do Fetal, envolvendo a escola local e as da Torre, pelo fato de entretanto entrar em funcionamento o Centro Escolar, foi por si mesmo a reunião mais concorrida e que mereceu maior expetativa por parte dos pais, já que a este processo de transição, teria como consequência o encerramento da escola e jardim de Infância da Torre, tendo sido o tema central da reunião. Questionados pelos pais, o Município e o Agrupamento elucidaram os presentes de que, estando previsto para o inicio do próximo ano letivo a abertura do Centro Escolar do Reguengo do Fetal, no centro da freguesia e paredes meias com o TREVO/IPSS, o mesmo só iria contemplar a oferta pública do 1º Ciclo, com as duas turmas do Reguengo Fetal e uma da Torre, tendo sido pedida a prorrogação para a manutenção, por mais um ano do Jardim de Infância da Torre. Contudo, quer as três turmas do 1º Ciclo quer a autorização da manutenção do Jardim Infância na Torre, poderão sofrer alterações, dada a baixa frequência de alunos, mas ficou assente de que o Centro Escolar iria apenas contemplar a oferta do 1º Ciclo do ensino básico, situação que suscitou alguma controvérsia, já que apesar de investidos cerca de 1 milhão de euros, deixará a freguesia do Reguengo do Fetal sem oferta pública de educação pré-escolar, já que a IPSS / TREVO possuindo o mesmo tipo de oferta, tem custos de frequência nalguma situações mais dispendiosas.
Quer o Município quer o Agrupamento Escolas, nas pessoas do Vice Presidente e Diretor, assim como o Presidente da Junta Freguesia, reafirmaram que neste processo o Ministério da Educação terá a decisão final, face ao quadro de frequência de alunos expetável para o ano letivo 2017/2018, cuja manutenção do Jardim de Infância na Torre e de duas ou três turmas do 1º Ciclo no novo Centro Escolar, estará sempre condicionado à frequência efetiva das crianças, tendo sido efetuado um apelo aos pais presentes que estimulem os demais a inscrevem os seus filhos no ensino público no Reguengo do Fetal de forma a evitar os constrangimentos aqui elencados.






11 de março de 2017

A VOZ DOS PAIS dia 11.05.2017 19h Faniqueira

ATIVIDADES PARA ANO LETIVO 2016/2017
Participação no projecto “A voz dos Pais”, em parceria com o Município e o Agrupamento de Escolas, prevê-se a deslocação a todas as escolas do 1.º ciclo do AEB, no sentido de reunir com os pais e encarregados de educação e perceber as suas preocupações.

16/02/2017 (18h:00m)
23/02/2017
(19h:00m)
09/03/2017
(19h:00m)
23/03/2017
(19h:00m)
06/04/2017
(19h:00m)
20/04/2017
(19h:00m)
11/05/2017
(19h:00m)
25/05/2017
(19h:00m)
08/06/2017
(19h:00m)

Centro Escolar de S. Mamede

JI e EB1 da Quinta do Sobrado

Centro Escolar da Batalha e Escola sede 1.º CEB

JI e EB1 da Rebolaria

JI e EB1 de Casais dos Ledos

JI da Torre e EB1 da Torre e Reguengo do Fetal


JI e EB1 
da Faniqueira


JI e EB1 
da Golpilheira


EB1 

das
Brancas
Foto de Agrupamento de Escolas da Batalha.



Foto de Associação de Pais e Encarregados de Educação Agrupamento Escolas Batalha.

12 de fevereiro de 2017

Ministério quer dar mais espaço aos alunos na sala de aula e fora dela

CLARA VIANA  11 de Fevereiro de 2017, in PUBLICO


Não aos monólogos, sim à interacção! Esta será, em resumo, uma das consequências práticas em sala de aula que o Ministério da Educação (ME) espera alcançar com o novo perfil de competências de alunos, que se prepara para adoptar, segundo apontou o jurista Guilherme d’Oliveira Martins.

O também ex-ministro da Educação do PS, entre 1999 e 2000, presidiu ao grupo de trabalho a quem o ME encarregou de definir quais as competências que os alunos devem ter no final de escolaridade obrigatória até aos 18 anos. O documento foi apresentado neste sábado.

“A assumpção de princípios, valores e competências-chave para o perfil dos alunos à saída da escolaridade obrigatória implica alterações de práticas pedagógicas e didácticas”, afirma-se no documento, que irá agora para consulta pública. E estas alterações, defende-se, passam em muito por recentrar o lugar do aluno na aprendizagem.

Por exemplo, criando na escola “espaços e tempos para que os alunos intervenham livre e responsavelmente” e também promovendo, “de forma sistemática, na sala de aula e fora dela, actividades que permitam ao aluno fazer escolhas, confrontar pontos de vista, resolver problemas e tomar decisões com base em valores”. Os professores, acrescenta-se, também deverão “abordar os conteúdos de cada área de saber associando-os a situações e problemas presentes no quotidiano da vida do aluno ou presentes no meio sociocultural em que insere”.



8 de fevereiro de 2017

IX ª edição do Concurso O Fio da Memória o Conto

Foto de Município da Batalha.
Decorre de 01 de fevereiro a 14 de abril mais uma edição do concurso literário "O Fio da Memória - O Conto".

A iniciativa visa estimular junto dos jovens o gosto pela leitura e pela escrita, premiando também trabalhos de ilustração, associados ao género literário do conto.

Consulte o Regulamento e Ficha de inscrição no endereço: http://www.cm-batalha.pt/source/docs/documentos_ix_fiodamemoria.pdf